No Tom (Sandro Albert e Elder Costa) Se você quiser partir De manhã meu beija flor Vou dizer mais uma vez pra ti Que não tem distância não tem importância não Ficar tão longe assim Que o amor resiste sim E um tempo é bom O que é que há, não quis deixar A vida levar você daqui Pra outros confins, não quis Vem dançar mais uma vez em volta Das fogueiras que inventei Em outonos que virão Você vai saber Que não é tarde demais Pra recomeçar no tom E essa estrada ainda beira mar, eu sei Toda essa saudade Sonhos verdadeiros, bons E a vida quer de nós Possibilidades sim De encontro e cor Quis viajar, fazer um som Pensar em nós dois, chega de dor Vem logo amor Enfim